quarta-feira, 4 de março de 2009

Pinturas Egípcias

A Pintura do Egipto antigo significou o ressurgimento da pintura,muitos anos após às Pinturas Rupestres.Os artistas estavam mais interessados na arquitetura e escultura,por isso muitas das pinturas que ainda permanecem são decorações de tumbas .
É uma pintura essencialmente simbólica,que segue rígidos padrões,como a Lei da Frontalidade,que determina o tronco da pessoa ser representado sempre de frente,enquanto sua cabeça,suas pernas e seus pés são, vistos de perfil.Há também a ausência de três dimensões,ignorância na profundidade e a cor é aplicada em manchas uniformes.
Quanto a hierarquia na pintura:eram representadas maiores as pessoas com maior importância no reino,ou seja,nesta ordem de grandeza:o rei,a mulher do rei,o sarcedote, os soldados e o povo.As figuras femininas eram pintadas em ocre,enquanto as masculinas pintadas de vermelho. No Antigo Egito a pintura aplica-se a espaços arqitetônicos,especialmente aqueles relacionados com o culto dos mortos,como túmulos de faraós.Porém os mais ricos possuiam murais em casa,elaborados em estilos de alta textura. Existem pinturas encontradas em papiros e juntamente com hieroglifos.Os rolos de papiros têm como peça fundamental os Livros dos Mortos,ricamente decorados,onde continham instruções para se guiarem depois da morte e eram colocados junto ao defunto,no interior da tumba. A matéria prima da pintura egípcia era uma cola fabricada com cores minerais aplicada sobre uma camada de gesso branco que cobre a parede.Usa tintas planas,sem matizações,durante o Império Antigo(sobre 2700-2600 a.C) e Médio(2060-1786 a.C),e só com a XVIII dinastia(1560-1309 a.C)começa-se a introduzir o uso dos meios tons,numa época que se torna visível certa tendência ao prociosismo. O máximo da pintura Egípcia foi durante o Império Novo,em especial com a XVIII dinastia.Nessa época encontramos uma certa delicadeza e distensão que faltavam anteriormente.As figuras tornam-se mais estilizadas,os artistas procuram refletir o movimento e,ao mesmo tempo que se entregam a uma variedade temática,tentam exibir com preciosimo o espetáculo da natureza.
Pinturas

Pintura na Tumba de Nefertari.

A tumba dessa rainha é uma obra monumental. Ela era a esposa mais amada de RamsésII e ao morrer foi colocada em uma das mais belas tumbas da realeza Egípcia.Magníficas pinturas murais do sepulcro,entretanto,estiveram ameaçadas de destruição.Foi feito um excelente trabalho de restauração no qual foram gastos 4 milhões de dólares e as imagens daquela elegante rainha,fazendo oferendas aos deuses e passando da vida terrena à imortal,foram salvas. Outra Pintura de Nefertari Pintura Egípcia da tumba de Ramose,ministro de dois faraós da XVIII Dinastia.Uma procissão funerária de mulheres lamentosas.Nessa pintura,as mulheres são bidimensionais e esquemáticas,mas os gestos angustiados vibram com o pesar. Essa Pintura refere-se aos Gansos de Medum,três majestosas aves.Os Gansos foram pintados a mais de dois mil anos antes de Cristo.Essa obra é encontrada na Tumba de Nefermaat e sua esposa Itet.Nefermaat foi filho de Snefru,o primeiro faraó daIV Dinastia. Caça a aves selvagens.Encontra-se em Tebas na Tumba de um nobre .O nobre está de pé em seu barco,segurando na mão direita três aves que acabou de abater e na esquerda um bumerangue.É acompanhado pela esposa que segura um buquê e usa um traje complexo,com um cone perfumado na cabeça.Entre as pernaas de Nebamum,acocora-se sua filha,a pequena figura que apanha na água uma flor de lótus(a composição é um exemplo de como se convencionava determinar as dimensões das figuras conforme a hierarquia familiar e social).Na origem,essa pintura era parte de uma obra maior,que também incluía uma cena de pesca. Viagem de um morto ao além. Essa é uma foto da Tumba de Tutancâmon.No centro enconta-se seu sarcófago e a sua volta,as pinturas na parede.A múmia de Tutancâmon estava protegida por três sarcófagos,um dentro do outro:um de madeira dourada,outro de madeira dourada e com incrustações de pedras preciosas,e o terceiro em ouro maciço com aplicações de lápis azuli,coralinas e turquesas que guardavam o corpo do faraó. Um guia para almas.Nessa pintura de uma tumba feita por volta de 1300a.C.,o deus com cabeça de cachorro,Anúbis,é mostrado debruçando-se sobre uma múmia.Acreditava-seque ele era um guia para as almas durante sua viagem atavés do reino dos mortos. A pesagem da alma ou do coração:um tema comum na pintura egípcia.Neste caso à esquerda, vemos a deusa Maat e, à direita, Osíris. Neste papiro,encontrado no Livro dos Mortos,vemos Anúbis, um deus ligado à morte, trazendo pela mão Hunefer.Ao centro, Anúbis verifica o equilíbrio da balança, numa referência à pesagem do coração do morto.É o deus Toth(da sabedoria) quem registra o resultado.Observe que tanto Anúbis como Toth são representados com cabeça de animal. Prova Valiosa.Uma pintura de parede de tumba de Sennedjem, que viveu por volta de 1300 a.C., mostrando-o com sua esposa Iynefert, muito ocupado após a morte.Acima deles, o deus Hórus, com cabeça de falcão, segura o ankh, símbolo da vida eterna.Pinturas como essa mostram as técnicas de cultivo e detalhes da crença religiosa dos antigos egípcios. Cena do túmulo de Djehutihotpe, em Deir el-Bersha.Fica na parede oeste da câmara interior.Mostra o transporte de uma estátua colossal das pedreiras de alabastro de Hatnub. Essa pintura mostra tocadoras de instrumentos e dançarinas da 18 Dinastia. Curiosidade
As cores das pinturas egípcias eram elaboradas da seguinte forma:
O preto era usado para fazera pintura a partir do Carvão de madeira ou Pirolusite(é um óxido de manganésio do deserto do Sinai).
O Branco era usado para fazer a pintura a partir do Cal Ou Gesso.
O Vermelho era usado para fazer a pintura a partir do Ocre.
O Amarelo eles usavam o Óxido de ferro hidratado(limonite).
O Verde era feito através do malaquite de sinai. O Azul era elaborado a partir do Azurite(Carbonatode Cobre)ou Óxido de Cobalto.
Bibliografia
http://www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/civilizacao-egipcia/imagens/egito10.jpg MACDONALD,Fiona.Egípcios antigos-São Paulo:Moderna,1996 FUNARI,Raquel dos Santos.O Egito dos faraós e sacerdotes_São Paulo:Atual,2001.
BAINES,J. e MÁLEK,J.O mundo egípcio:deuses,templos e faraós.Madrid:Edições del Prado,1996.Volume 1.
BAINES,J. e MÁLEK,J.O mundo egípcio:deuses,templos e faraós.Madrid:Edições del Prado,1996.Volume 2.

8 comentários:

  1. Alô vocês, estava fazendo um post para meu blog e precisei de uma imagem da dança no Egito, usei uma das que vocês usaram neste post e dei os devidos créditos.
    Caso vocês achem que há algum inconveniente, é só me comunicar que a retiro.
    Se vocês tiverem interesse de verem o post,o endereço de meu blog é
    http://mol-tagge.blogspot.com/
    ABÇão as quatro e bom final de semana.
    MarGGa

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!!

    Está muito lindo!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de agradecer. O site é fantástico e me ajudou muito em um seminário de história da arte.
    Meus parabéns!!

    ResponderExcluir
  5. muito bom adorei o site me ajudou muito...
    valeu galera :) ;)

    ResponderExcluir
  6. Valeu Galera gostei mutio do site, me ajudou muito com meu trabalho sobre o Egito

    ResponderExcluir
  7. adorei me ajudou muito nomeu trabalhor de artes

    ResponderExcluir

Faça seu comentário e colabore com nosso BLOG